• 23h00 - NBA: Miami Heat x Minnesota Timberwolves ao vivo em HD 24/11/2017

Falta muito pouco para o grande eclipse solar de 21 de agosto, que irá cruzar todo o território dos EUA! Observadores que estiverem na trajetória (de 113 quilômetros) onde a sombra do eclipse será projetada, irão ver o Sol escurecendo vagarosamente conforme a Lua entra na sua frente, até que todo o disco solar ficará encoberto pelo disco lunar – momento em que o dia vai virar noite, literalmente!

Eclipse Solar de 21 de agosto de 2017 no Brasil Confira onde será visível!

SALVADOR NOGUEIRA – O dia 21 de agosto terá um eclipse solar que será total numa faixa que se estende por toda a extensão do território dos Estados Unidos e que será visível também, de forma parcial, nas regiões Norte e Nordeste do Brasil. Confira ao vivo o desenrolar do evento, com imagens de lá e de cá, convidados especiais e a apresentação de Salvador Nogueira (o Mensageiro Sideral) e Schwarza (do canal Poligonautas)!:

Slooh – A transmissão ao vivo do Eclipse Solar Total que será feita pelo o Observatório Slooh, terá início às 12h30 pelo horário de Brasília (15:30 UTC), e o vídeo já está disponível abaixo:

NASA – Serão duas transmissões ao vivo do Eclipse Solar Total que serão feitas pela NASA. A primeira terá início às 13h00 pelo horário de Brasília (16:00 UTC), e a segunda opção terá início às 12h45 pelo horário de Brasília (15:45 UTC). As duas transmissões estarão disponíveis logo abaixo, respectivamente:

Tabela:

CIDADE ECLIPSE VISÍVEL? FASE INÍCIO DO ECLIPSE MÁXIMO DO ECLIPSE TÉRMINO DO ECLIPSE VISIBILIDADE
Brasilia SIM PARCIAL 16:55 17:17 17:39 2%
Rio Branco SIM PARCIAL 14:50 15:05 15:21 0.4%
Maceió SIM PARCIAL 16:31 17:16 17:18 23.5%
Macapá SIM PARCIAL 16:09 17:09 18:03 40.9%
Manaus SIM PARCIAL 15:12 16:07 16:56 21.1%
Salvador SIM PARCIAL 16:39 17:17 17:27 12.6%
Fortaleza SIM PARCIAL 16:20 17:13 17:35 40.5%
Vitória NÃO *
Goiânia SIM PARCIAL 17:03 17:17 17:31 0.5%
São Luís SIM PARCIAL 16:17 17:12 17:59 39.4%
Cuiabá NÃO *
Campo Grande NÃO *
Belo Horizonte NÃO *
Belém SIM PARCIAL 16:13 17:11 18:03 38.8%
João Pessoa SIM PARCIAL 16:26 17:15 17:17 32%
Curitiba NÃO *
Recife SIM PARCIAL 16:28 17:15 17:16 29%
Teresina SIM PARCIAL 16:22 17:14 17:51 32.4%
Rio de Janeiro NÃO *
Natal SIM PARCIAL 16:24 17:14 17:20 36.1%
Porto Alegre NÃO *
Porto Velho SIM PARCIAL 15:34 16:08 16:39 4.3%
Boa Vista SIM PARCIAL 14:55 16:01 16:58 37.9%
Florianópolis NÃO *
São Paulo NÃO *
Aracaju SIM PARCIAL 16:34 17:16 17:23 19%
Palmas SIM PARCIAL 16:34 17:16 17:54 13.2%

Os EUA estão se preparando de várias maneiras para que as observações desse eclipse solar possam correr da melhor forma possível. Apesar de ainda não ter acontecido, este será um dos eventos astronômicos mais observados da história recente, afinal, não é todo dia que um eclipse pode ser observado em praticamente todo um país… e ainda por cima, um dos maiores – os Estados Unidos.

A totalidade do eclipse solar de 21 de agosto de 2017 poderá ser vista apenas dos EUA, porém ele poderá ser observado parcialmente em toda a América do Norte, América Central e norte da América do Sul. Em algumas regiões do nordeste brasileiro será possível presenciar o evento de forma parcial.

Já nos EUA, onde ocorrerá o pico do evento, parques estaduais e centrais de monitoramento de tráfego já estão se preparando para ajudar todos aqueles que para presenciar a totalidade do evento, irão viajar para locais mais privilegiados. Desde 1979 que um eclipse solar não é visto dos EUA, e o último que cruzou todo o país ocorreu em 1918. Naquela época, a população era bem menor do que a atual, e claro, não haviam redes sociais ou mídia digital, portanto, muitas pessoas sequer sabiam dos eventos que iriam ocorrer. Até mesmo a locomoção era muito mais difícil, já que a frota de veículos era ínfima…

O tão esperado Grande Eclipse Americano (Great American Eclipse) proporcionará aos estadunidenses uma oportunidade única de observação, pois segundo a NASA, qualquer cidadão estará no máximo a dois dias de viagem de um dos locais onde o eclipse poderá ser visto. Muitas pessoas atravessam continentes para observar um eclipse solar… então, viajar no máximo 2 dias de carro parece até uma tarefa fácil… e com certeza vale muito a pena!

Um Eclipse Solar Total

Durante o ápice do eclipse, quando todo o disco solar é encoberto pela Lua, os gases borbulhantes que formam a coroa solar acendem e podem ser vistos com clareza, e isso apenas acontece em eclipses solares totais, já que os anulares não encobrem todo o disco do Sol.

Animais se comportam de forma estranha durante o pico de um eclipse. Na verdade, eles se comportam como se fosse noite, mas logo em seguida, quando os raios solares voltam a tocar o solo, eles voltam à atividade normal. Apesar de ser praticamente imperceptível, a temperatura ambiente também cai durante o máximo de um eclipse solar. Se você estiver em uma grande área plana, é possível ainda enxergar a sombra do eclipse se aproximando de sua região. É uma visão fantástica!

E não é apenas um elipse solar total que poderá ser visto. Nas regiões próximas das áreas de totalidade, observadores poderão presenciar um eclipse solar parcial – quando a Lua encobre apenas uma parte do Sol, que por sua vez ganha uma aparência de Lua Crescente. Quando isso acontecer, você pode usar uma árvore para observar o fenômeno: basta olhar para o chão abaixo dela, e entre as sombras das folhas, você verá pequenas formas de Lua Crescente, ou melhor, de Sol Crescente.

Dicas de observação para o Eclipse Solar de 21 de agosto

Uma das coisas mais incríveis de se observar durante um eclipse, não é vista através de telescópios, mas sim a olho nu, quando o Sol fica completamente eclipsado: o dia vira noite (literalmente) e neste momento é possível ver as estrelas e os planetas!

Mas preste atenção! Se você tiver a chance de observar o eclipse, fique atento(a) à previsão do tempo. Se estiver nublado no dia do eclipse, veja qual será o local mais próximo onde o eclipse será visível e o tempo estará bom, com céu limpo e sem nuvens, assim você garante as melhores condições de observação.

A totalidade do eclipse solar de 21 e agosto, nos EUA, terá duração de mais de 2 minutos. Durante esse tempo de totalidade, você pode observar o Sol sem qualquer equipamento de proteção, mas durante os estágios iniciais e finais do eclipse, utilize óculos especiais ou óculos de soldador.

NUNCA aponte telescópios, binóculos lunetas ou qualquer instrumento de ampliação na direção do Sol. Essa prática pode levar a cegueira permanente, além de danificar seu equipamento. Até mesmo o simples observar do Sol com a vista desarmada já pode causar danos sérios à visão.

Se a intenção é observar o eclipse através de telescópios ou binóculos, utilize filtros solares especializados, daqueles que são acoplados na abertura do equipamento. Não use filtros solares que são acoplados na ocular, pois toda a potência dos raios solares poderão danificá-lo e atingir a sua visão. Veja qual é a maneira correta de se proteger:

De acordo com especialistas, este será o eclipse solar mais observado da história – seja pessoalmente ou através de transmissões ao vivo! Um evento épico que já está deixando muita gente bastante ansiosa…

Qual seu palpite? Deixe um comentário...